Carros do futuro dispensarão semáforos nos cruzamentos

24-02-2012 14:49

Redação do Site Inovação Tecnológica - 24/02/2012

 

Sistemas de trânsito inteligentes

Os carros que andam sem motoristanão são mais novidade.

A Europa, por exemplo, pretende tercarros autônomos trafegando pelas ruas dentro de 10 anos. Por isso, aAlemanha já começou a testar seus carros inteligentes.

Para que tudo isso se torne realidade, contudo, não basta fabricar pilotos automáticos para carros.

Será necessário também construir sistemas de trânsito capazes de tomar suas próprias decisões - como coordenar veículos sem motorista em um cruzamento, por exemplo.

Este é o trabalho encarado pelo Dr. Peter Stone, da Universidade do Texas, nos Estados Unidos.

Feche os olhos no cruzamento

O pesquisador apresentou a primeira versão de um programa de código aberto capaz de coordenar automaticamente uma interseção viária, de múltiplas conversões, sem semáforos e sem exigir que os carros parem.

O trânsito intenso no cruzamento mostrado nas simulações parece absolutamente caótico.

A maioria dos motoristas, a bordo de carros guiados automaticamente, provavelmente vá preferir fechar os olhos nos cruzamentos, porque os carros passam muito perto uns dos outros, praticamente na velocidade normal da via.

Carros do futuro dispensarão semáforos em cruzamentos
O sistema foi testado na prática com apenas um carro, mas roda com eficiência total nos simuladores. [Imagem: University of Texas at Austin]

Mas o fato é que o sistema do Dr. Stone não registra a ocorrência de nenhuma colisão.

Ao se aproximar do cruzamento, o agente-motorista - cada carro com piloto automático é um agente-motorista no simulador - reserva um espaço e um horário para passar pelo cruzamento.

Um agente árbitro, chamado "gerente de cruzamento", recebe e faz o agendamento das solicitações, eventualmente desenvolvendo aos agentes-motoristas instruções para ajustar sua velocidade.

O resultado é um festival de "finas", com os carros passando raspando uns pelos outros, mas sem nunca bater.

Direção inteligente

Stone e sua equipe usaram algoritmos de inteligência artificial para criar os agentes e estruturar o cruzamento virtual, por onde passam apenas carros dotados de um sistema de direção automática.

Por enquanto o sistema foi testado na prática com apenas um carro, mas roda com eficiência total nos simuladores.

"Os computadores já podem pilotar um jato de passageiros de forma muito similar a um piloto humano treinado, mas as pessoas ainda se deparam com a perigosa tarefa de dirigir carros," diz ele.

"Estão sendo desenvolvidos veículos que serão capazes de lidar sozinhos com a maioria das tarefas de direção. Contudo, conforme esses carros autônomos se tornem mais populares, precisaremos coordenar esses veículos na rua," conclui.

O simulador, assim como seu código-fonte, está disponível na página do projeto Gerenciamento Autônomo de Interseções, no endereço http://www.cs.utexas.edu/~aim/.